• Palmital, 26 de Maio de 2018.

Unicentro ganha destaque em avaliações nacionais

As Universidades Estaduais de Londrina (UEL), Maringá (UEM), Ponta Grossa (UEPG), Oeste do Paraná (Unioeste), Centro-Oeste (Unicentro), do Paraná (Unespar) e do Norte do Paraná (UENP) ganharam destaque em cinco rankings nacionais no ano de 2017.
As avaliações nacionais foram feitas pelo Ministério da Educação (MEC) compondo o Índice Geral de Cursos (IGC); pelo Exame Nacional de Desempenho de Estudante (Enade); Guia do Estudante da Editora Abril e pelo Ranking Universitário da Folha 2017 (RUF).
Cinco universidades conquistaram o conceito 4 entre as 36 instituições avaliadas pelo IGC. A UEL ficou em quarto lugar, UEM em sexto, Unioeste apareceu como a sétima colocada seguida pela Unicentro em oitavo, UEPG em décimo, UENP na décima terceira colocação e Unespar na décima nona posição.
O IGC é um dos indicadores que integra a avaliação e leva em consideração o desempenho dos estudantes, a infraestrutura, formação dos professores e ainda indicadores da pós-graduação.
Para entrar na categoria de excelência, uma instituição precisa chegar às faixas 4 ou 5 no Índice Geral de Cursos (IGC), que vai de 1 a 5. O IGC é divulgado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP)/MEC.
No Enade, onze cursos das universidades estaduais ficaram entre os 50 melhores do Brasil. Agronomia e Odontologia da UEPG e Biomedicina da UEM conquistaram o primeiro lugar entre as estaduais brasileiras. Em segundo lugar ficaram Odontologia da UEM, Farmácia e Zootecnia da UEPG e Agronomia da Unicentro. Todos os cursos tiraram nota 5, conceito máximo do exame.