• Palmital, 20 de Fevereiro de 2019.

Em 90 dias, três famílias são mantidas reféns em Guarapuava na nossa região

Desta vez, o crime ocorreu na noite dessa terça feira no bairro Jordão.
O caso só foi divulgado na manhã de ontem pra nós da imprensa.
Ninguém se feriu.
De acordo com relatório da Polícia Militar, a família foi rendida junto de um vizinho, que passava pelo local no momento em que o crime começou.
A princípio a ação foi realizada por três homens.
“Fizeram a família de refém e mediante ameaça com arma de fogo, mantiveram a família em cárcere privado por aproximadamente 30 minutos”, disse a PM.
Das vítimas foram levados dois veículos, um Fiat Uno, cor cinza, e um Fiat Uno  cor vermelha.
A equipe da PM realizou patrulhamentos, sem êxito na localização dos autores e dos veículos.
 
Em menos de um mês, este foi o segundo caso registrado pela PM de uma família sendo feita refém em Guarapuava.
No dia 23 de agosto, dois homens ameaçaram e torturam uma família no bairro Alto da XV. 
As vítimas foram amarradas e ameaçadas de morte. Na época, os assaltantes mantiveram a família refém por cerca de uma hora e meia. Nenhum suspeito foi preso.
 
Há três meses, outro caso similar ocorreu, na época, no bairro Alto Cascavel.
No dia 6 de julho, uma família foi assaltada e sequestrada no município.
Os assaltantes levaram duas caminhonetes e seis pessoas da mesma família, como reféns, entre elas, um senhor com 74 anos e uma criança, com 8 anos de idade. Os autores foram localizados e presos.