• Palmital, 26 de Janeiro de 2020.

Golpe. Homem é preso suspeito de se passar por delegado para aplicar golpe, em Ponta Grossa.

Na manhã de terça-feira (23), dois homens foram presos suspeitos de aplicar golpes em Ponta Grossa. Segundo a Polícia Civil, um dos presos se passava por delegado para cometer os crimes.
O caso começou a ser investigado pela Polícia Civil de Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba, em maio. De acordo com a polícia, um homem teve a caminhonete furtada enquanto tentava negociar o veículo em troca de terrenos.
Segundo a Polícia Civil, um dos suspeitos que se passava como proprietário de terrenos se apossou da caminhonete dizendo que iria mostrar para a mulher. O veículo não foi devolvido.
Em junho, de acordo com a polícia, a vítima recebeu a informação de que a caminhonete estava em Ponta Grossa. Chegando à cidade, o outro suspeito se identificou como delegado da Corregedoria e ofereceu ajuda à vítima para localizar o veículo.
A Polícia Civil disse que o suspeito cobrou R$1mil para resolver o caso. Conforme a polícia o homem já foi preso em 2017 por se passar por policial em Ipiranga.
Os dois homens foram encaminhados para a delegacia de Ponta Grossa. Segundo a Polícia Civil, as prisões foram feitas em continuidade a uma operação deflagrada no dia 16 de julho.
O suspeito que se apossou da caminhonete deve responder pelo crime de estelionato seguido de furto, segundo a polícia. Já o homem que se passou por delegado deve responder por estelionato