• Palmital, 23 de Fevereiro de 2019.

Paraná ganha mais um projeto, agora sobre descarte de óleo de cozinha


A matéria, que tramita sob nº 486/2016, foi aprovada em primeira e segunda discussões pelo plenário da Alep, nesta segunda e terça feira (06 e 07), devendo ser aprovada em definitivo em mais uma sessão, programada para os próximos dias.
Recentemente, outros dois projetos de autoria de Cristina Silvestri foram sancionados pelo governador Beto Richa – um, transformando Guarapuava na Capital da Cevada e do Malte do Paraná; outro, incluindo a Pesca Esportiva no Calendário Turístico Anual do Estado.
O projeto de reciclagem de óleo vegetal está provocando uma ampla repercussão na imprensa paranaense, devido ao resultado positivo que trará, com ações para minimizar os impactos ambientais que o despejo inadequado deste tipo de produto pode causar.
A proposta determina que empreendimentos que trabalham com o fornecimento de refeições em geral, e também estabelecimentos que comercializem óleos vegetais, realizem o descarte adequado dos óleos de cozinha usado e de seus resíduos, em conformidade com as políticas elaboradas pelo órgão ambiental competente.