• Palmital, 26 de Maio de 2018.

Ex-diretor da Assembleia do Paraná desrespeitou a Justiça, afirma juiz

Para o juiz, Abib Miguel, conhecido como Bibinho, deve seguir detido por tempo indeterminado porque "mesmo cumprindo medida cautelar com monitoração por tornozeleira eletrônica, ele continua, a distância, praticando condutas ilícitas".
O magistrado também diz que Bibinho só conseguiu extrair a madeira da propriedade rural porque contou com o auxílio de políticos de Rio Azul, no interior do estado, onde fica o imóvel. Para o juiz, isso denota "o completo descaso e desrespeito com a Justiça".